O isolamento social causado pela pandemia do covid19 fez a área da cultura e do entretenimento se reinventar e trazer de volta um espaço que fez sucesso nos anos 60, 70 e 80: os drive-ins. Para quem não sabe os drive-ins funcionam como um cinema, teatro, casa de shows ou restaurante que funcionam em um estacionamento onde, de dentro do carro você consome o produto ou utiliza o serviço.

A volta dos drive-ins aliam diversão e segurança já que os ingressos vendidos pela internet e o distanciamento entre os carros evitam aglomerações. E os cuidados não para por aí. Durante as sessões as pessoas não podem sair do carro e ficar circulando. Se precisa ir ao banheiro tem que usar máscara. Se sentir fome ou quiser uma pipoquinha basta ligar o pisca-alerta que o garçom vem até seu carro.

Conhecidos como cinema ao ar livre eles estão repaginados e modernos. Os estacionamentos foram adaptados com telas de alta resolução e o som é captado no carro por meio de uma frequência exclusiva. A inovação é tanta que tem até tela em 360° com carros circulando todo o palco como oferece o Lovecine da Arena Juanesse.

Cine Drive-in das Artes também é a mais nova opção de diversão para os cariocas
A tela de mais de 200m² foi montada no estacionamento da Cidade das Artes e o local pode receber até 100 automóveis simultaneamente, com duas pessoas para sessões adultas e quatro, sendo duas crianças, para os filmes infantis. “Assim que saiu o decreto em março, nós pensamos que o Drive-In seria uma alternativa realmente viável porque o contato pessoal é zero, você não sai do carro. Começamos a buscar parcerias e hoje temos muita alegria de realizar esse projeto para a cidade do Rio de Janeiro. Idealizamos todos os detalhes para trazer o charme do drive-in dos anos 70, e agora a ideia é expandir e pensar em novas atrações ao ar livre, considerando o excelente espaço que temos”, resume a presidente da Cidade das Artes, Renata Monteiro.

As arenas drive-in multiuso, idealizadas pela Dream Factory, em parceria de conteúdo com a Globo, serão parques de experiências que, além dos filmes poderão receber shows, apresentações teatrais, transmissões de jogos do Brasileirão, stand-ups e outros. O Go Dreams, primeira rede nacional de drive-ins abrirá ao público no próximo dia 23 de julho. As sessões contarão com uma iluminação especial que vai contribuir para transformar o passeio em uma experiência mágica. “Pensamos em toda uma estrutura para oferecer conforto e segurança ao público. Depois de tanto tempo de isolamento social, queremos que as pessoas tenham tranquilidade para sair de suas casas e aproveitar um momento de distração sem preocupações. Sabemos que será especial para todos e temos ao nosso lado os parceiros ideais para transformar a ida ao Go Dream em um passeio memorável”, acredita Duda Magalhães, presidente da Dream Factory.

O Drive-in Rio Lagoa tem como cenário a Lagoa Rodrigo de Freitas e está de frente para o Cristo Redentor. Ele foi instalado no Parque dos Patins e ocupa o mesmo local onde há 54 anos foi inaugurado o primeiro cinema a céu aberto da cidade. O espaço funcionou até 1993.

O Uptown é o primeiro shopping do Rio a receber o Cine Drive-in com chancela de uma rede de cinema. A programação é renovada diariamente. O Cine Drive-In, da Cinesystem, uma das maiores exibidoras do país, desembarca no estacionamento do shopping com exibições diárias.

Os preços variam entre R$10,00 por pessoa a R$150,00 por carro dependendo do Drive-In. Mas, vale a experiência, a segurança e a oportunidade de assistir a um filme, show ou peça teatral fora de casa. No Rio, já são 4 opções na Barra, e uma na Lagoa. A novidade do “novo normal” também já tem em Niterói e em Caxias.